PIPOCA, O PEIXINHO ENCRENQUEIRO





Eu usei balões(bexigas) para contar a história. Uma maneira diferente para chamar atenção das crianças. 





Era uma vez um peixinho que se chamava Pipoca. Ele tinha esse nome porque aonde ele ia estourava uma confusão. Sabe por que? Ele era muito fofoqueiro. Vivia inventando umas “mentirinhas” a respeito dos outros peixinhos.No recife, onde ele e os outros peixinhos moravam, era um lugar muito bonito. A água era tão limpinha que lá de baixo dava pra ver o céu. Tinha muitos corais, plantinhas e muita comida pra alimentar todos os peixinhos. Era o local preferido da maioria dos peixes.Pipoca não gostava, ele ficava com raiva e vivia reclamando:- Esse lugar está muito cheio. Não dá nem para nadar. Porque todo mundo tem que vir pra cá?

Splash, um peixinho que passava na hora, ouviu Pipoca reclamar e disse:- Pipoca, aqui é seguro, não tem pescadores, tem muita comida pra todos, não tem poluição, por isso a maioria dos peixes vive aqui.Pipoca respondeu:- Ah não dá, ta muito cheio, procurem outro lugar.- Não Pipoca, como diz o ditado – “os incomodados que se retirem”, o mar é nosso também. Procure você outro lugar para morar.Pipoca ficou vermelho de raiva, ele pensou:…È assim né, procurar outro lugar. Eu cheguei aqui primeiro, então esse lugar é meu! Já sei o que vou fazer para esvaziar o recife. Vou inventar umas mentirinhas e logo todos os peixes vão se zangar uns com os outros e vão embora.

E assim ele começou…Procurou o caranguejo e disse:- Sabe caranguejo, estou muito triste.- Por que, disse o caranguejo.- O baiacu falou que você é muito feio, tem uns bigodes enormes e parece uma pimenta, de tão vermelho.- O caranguejo ficou muito irritado e foi tirar satisfação com o baiacu.

- Pipoca foi correndo até o baiacu para provocá-lo também.- Sabe Baiacu, estou muito, muito triste.- Por que Pipoca. O que está acontecendo?- É o caranguejo.- O que houve com o caranguejo, ele é meu amigo.- Amigo?! Se aquilo é amigo, você não precisa de inimigo.- Por que está dizendo isso Pipoca?- Sabe como é, eu não gosto de fofoca, mas não aguento ver uma injustiça.- Diga logo, Pipoca.- É que o caranguejo disse que você é espinhudo e quando infla, fica parecendo uma baleia de tão gordo.- Ah é! Mas o caranguejo parecia tão meu amigo, falando umas coisas dessas a meu respeito? Vou tirar satisfação com ele.E foi…

Pipoca ficou rindo… Estou conseguindo.Quando o caranguejo e o Baiacu se encontraram foi a maior confusão!Eles discutiram muito, pois já estavam zangados, e um não deixava o outro falar. Foi a maior briga.Pipoca ficava de longe, só rindo da confusão.E assim foi… Pipoca foi inventando mentiras sobre os peixinhos do lugar e ia soltando seu veneno. Os peixes, ingênuos, acreditavam em sua estória, acabavam brigando uns com os outros, brigavam e iam embora para outro lugar.

A confusão foi tão grande que o lugar foi ficando vazio, vazio. Splash tomou um susto, ele estava viajando por outras águas, quando voltou ao recife, ele estava vazio, só Pipoca estava lá.Ele pensou… o que está acontecendo este lugar é tão movimentado, tão alegre, cheio de vida, está tão triste. Aí ele viu Pipoca nadando, nadando, todo alegre.- Pipoca, onde estão os outros peixes? O que aconteceu? Os pescadores descobriram o nosso refúgio?- Ah, não sei não, os peixes resolveram se mudar pra outro lugar.- Por que? Disse Splash.- Ah não sei! Eles arrumaram uma confusão, brigaram e cada um foi prá um lado.- Porque só você ficou aqui Pipoca?- Ora, aqui é a minha casa, meu lugar, é aqui que eu devo ficar.- Por que os peixes brigaram, eram tão unidos, tão amigos?- Umas fofocas que inventaram por aí, e eles acreditaram.- Fofocas, que fofocas, quem inventou isso? E a seu respeito, ninguém disse nada?Splash, começou a desconfiar de Pipoca.- A meu respeito, bem, é, quer dizer, hum, eu não sou bobo, não acredito em qualquer coisa.- Ah é! E sobre aquela estória que você andava reclamando que o recife estava muito cheio?- Splash, que era um peixinho muito inteligente, começou a apertar Pipoca com tantas perguntas, ele sabia que tinha alguma coisa errada.- Pipoca, que tinha a língua solta, não agüentou e disse:- Ta bom, eu confesso fui eu que inventei as fofocas. Mas não me arrependo, o recife ficou do jeito que eu queria, bem vazio e sossegado.- Splash, responde:- Ah é, então fique com o recife todo prá você, porque eu também vou para outro lugar, vou procurar os meus amigos, fique aí sozinho, do jeito que você queria.

- Vai mesmo, eu não preciso de ninguém, posso viver aqui sozinho, vai mesmo, tchau!Só que Pipoca achou que poderia viver sozinho. Sem ninguém para brincar, estudar, conversar. Passava todos os dias ali sozinho, nadando de um lado para o outro. Sem nada para fazer.- Que coisa chata, eu não tenho ninguém para brincar, não tenho ninguém para conversar, eu estou me sentindo tão sozinho. Buá….Buá…E começou a chorar, ele chorava tão alto que os outros peixinhos ficaram com muita pena dele. Apesar do que Pipoca tinha feito, eles mesmo assim o amavam e resolveram ver o que estava acontecendo.

- Splash, que era tipo um líder, perguntou:- O que está acontecendo com você Pipoca, por que está chorando?- Eu me sinto tão só , eu não sabia que era tão ruim ficar sozinho, sem ninguém para brincar, conversar.- Ah então você não queria o recife todo para você?- Eu não quero mais, o recife não é só meu, eu quero os meus amigos de volta.- Então, peça desculpas a todos e diga que foi você que inventou todas aquelas mentiras.E assim foi, Pipoca pediu perdão a todos e disse que nunca mais faria aquilo, ele tinha aprendido a lição. Ninguém pode viver sozinho. Todos nós precisamos de alguém. Precisamos da mamãe, do papai, dos irmãos, do coleguinha, precisamos os irmãos da nossa igreja. E principalmente precisamos de JESUS CRISTO. Pois sem ele é muito difícil viver.“Oh quão bom e quão maravilhoso é viverem unidos os irmãos”! (Salmo 133:1)
Outros versículos poderão ser usados nesta história, conforme a necessidade e assunto de cada um.


No site do Sementinhas Kids, tem visuais.


História:   Lizia Maura Carvalho
Ilustração: Pra. Gabriela Pache de Fiúza
História retirada do site: Sementinhas kids






Para que a história ganhasse vida, nos fomos com chapéus de balões, além de toda história ser contada com balões.

Fiz um mar de balões azuis, presos com nós no barbante e amarrei na cintura, esse era o mar.



O caranguejo meu marido fez como está neste vídeo do youtube, no canal do aprendi.net, clique aqui.




Os peixes mudamos as cores, mas todos foram feitos assim, como mostra esse vídeo no youtube do canal Amo Festas, clique aqui.



Os chapéus de balões foi feito como está neste vídeo, vídeo do youtube, no canal do, aprendi.net, clique aqui.

HORA DA ATIVIDADE E LEMBRANCINHA:


Fizemos com as crianças esses balões, assim revisamos a histórias, enquanto fazíamos com elas.



Para fazer com prato de bolo e cartolina ou EVA. Detalhes, clique aqui.

Apenas papel e pronto, seu lindo peixe está feito.


Mais ideias de peixes, clique aqui.

Mais ideias com balões, clique aqui.

Mais histórias evangelísticas, clique aqui.




JOÃO DENTINHO 2 - APEC - história evangelística





João Dentinho -  APEC




É uma história evangelística, fala sobre o pecado e faz uma comparação dos dentes e de nossa vida, o que nos alimentamos, as coisas boas e ruins. Por exemplo, o doce estraga o dente, assim como o pecado estraga nossas vidas. 



Usei uma caixa grande para fazer meu João Dentinho,fiz uma boca grande nele, cortei o papelão e depois encapei com EVA laranja. Os dentes, o cabelo, a boca, tudo com EVA. Os olhos fiz com metade de uma bola de isopor, e colei EVA para fazer os detalhes. O nariz também é metade de uma bola de isopor encapada de EVA. Usei cola quente para colar. A escova fiz toda de EVA.
Fiz todos os doces e legumes de EVA. Na minha roupa fiz bombons de isopor e encapei com papel celofane colorido de EVA, como mostra foto acima.

Você vai contando a história e colocando as frutas dentro da boca dele. Depois na hora dos doces, você também vai colocando. Por isso fiz a boca dele aberta. 







Uma outra maneira de contar essa história é com esse visual. 

Mais detalhes, clique aqui.


HORA DA ATIVIDADE E LEMBRANCINHA:









Modelos lindos do site krokotak.

Acho interessante fazer de atividade e lembrancinha algo que faz bem comer, como frutas.


Mais modelos de frutas, clique aqui.


Mais ideias para essa história, clique aqui.



O MAIOR DOS BAIXINHOS - MAX LUCADO



O MAIOR DOS BAIXINHOS é uma história que se passa na Vila dos Varetas, onde moram os baixinhos e os pernas de pau. todas as tardes, os baixinhos se encontram na praça e esperam ganhar suas pernas de pau e, assim, fazer parte da turma dos grandes.
Os baixinhos querem ser bonitos, legais e populares, como os grande que andam em varetas. Tavinho sempre quis ser escolhido. ele queria andar com os maiores da vila. Seria uma grande honra.
Mas então Tavinho conheceu alguém muito especial, que o chamou quando ele estava por baixo, e disse: "Você é importante para mim." A partir dese dia, Tavinho começou a se sentir grande, muito grande, maior do que se usasse a maior das varetas. Max Lucado.
Pequeno resumo do livro de Max Lucado - O Maior dos Baixinhos - Editora Thomas Nelson Brasil. 










Meu marido foi o Tavinho, e fez as pernas de pau para andar no decorrer da história. As crianças A-M-A-M!!! 



Fantasia de pássaro clique aqui.


HORA DA ATIVIDADE E LEMBRANCINHA:



Vocês podem fazer a atividade e ficar de lembrancinhas para eles.
Essa lembrancinha acima, usa prato de papelão, penas, um cilindro ou palito de churrasco sem ponta, pedaço de papel mais duro ou EVA para o bico.




Com embalagens de iogurte, papel ou EVA você faz esses lindos pássaros.


Prendedor, tinta, EVA ou papel para o bico, olhinhos móveis e tinta você faz esses pássaros com as crianças.


Mais histórias evangelísticas, clique aqui. 


FANTASIA PÁSSARO



Fiz essa asa de TNT brilhoso e a máscara é de papelão colado com penas. Apenas corte o TNT fazendo um V, no pescoço fiz um U, e colei penas. Cortei em zigue-zague para dar impressão de penas. 



Ideia acima retirada da net, asa feita de feltro.


Você pode usar essa fantasia para contar a história da Criação, da Arca de Noé, ou fazer toda de branco e contar a história da Paula, a pombinha ou fazer ela toda de preto, como corvo e contar de Elias e os corvos, ou do livro O maior dos baixinhos, clique aqui.



PAULA, A POMBINHA ESPECIAL


"Paula, a pombinha especial" é uma linda história que ajuda a mostrar para as crianças 
que mesmo elas achando às vezes que são pequenas ou inferiores às outras pessoas,
Deus tem um plano para a vida delas e quer usá-las para fazer a vontade d'Ele. A pombinha quando entrou na arca de Noé se achava inferior ao animais maiores, como o elefante, por exemplo. Mas quando parou de chover e Noé a escolheu para ver se havia parado de chover, e assim ela percebeu que todos são importantes, cada um da sua maneira, cada um contribui com seu dom, todos são importantes e amados por Deus.




A história é do livro Paula, a pombinha especial de Marisa Doreto da Silva, da CPAD que se encontra indisponível no site. Na internet, você encontra a história, mas não tenho autorização da autora para postar no blog, por isso irei colocar um resumo da história apenas. 





Modelo da arca, clique aqui.

Fiz os bichinhos com palitos, o mesmo modelo das máscaras, mas não fiz com os olhos, clique aqui


O guarda chuva, eu colei as gotas numa fita branca e amarrei nos armação do guarda chuva, e deixo ele fechado, quando falo da chuva abro e cai as gotas.

Na hora da chuva eu coloco os balões azuis para falar do dilúvio.

Fiz com uma tiara as orelhas do elefante que meu marido usou, a tromba eu comprei de silicone, mas você pode fazer de EVA, modelo clique aqui.




Ou esse modelo abaixo, mais modelos, clique aqui.

Fui fantasiada assim para contar essa história, fiz um arco de EVA branco com glitter, fiz gotas e fui colando uma em cima da outra com cola em cima da tiara. Os olhos eu colei um pedaço de pena em cada um cola de cílios, e em cima da sobrancelha colei com cola de cílios aquelas pedrinhas de brilho. Passei tinta branca de palhaço no rosto.


HORA DA ATIVIDADE:







HORA DA LEMBRANCINHA:






Mais modelos de pombas, clique aqui e aqui.

 Aulas, lembrancinhas e ideia sobre a Arca de Noé clique aqui.


 
Pin It button on image hover